Offside
Corporate

Um olhar sobre nós na voz dos nossos parceiros - Testemunho da Volkswagen Autoeuropa, Lda, pela voz de Margarida Pereira.

Fora de Série

"A experiência de trabalhar no INESC TEC é, simplesmente, enriquecedora e gratificante", Margarida Gonçalves (DIL/RH)

A Vós a Razão

"As sinergias que se podem obter destas colaborações inter-unidades são particularmente importantes no caso da robótica. Muitos projetos nesta área possuem um elevado carácter aplicacional...", Aníbal Matos (ROBIS)

Asneira Livre

"Quando me convidaram para escrever uma ‘asneira livre’ para o BIP, finalmente percebi como é fácil escrever artigos científicos...", Germano Veiga (ROBIS)

Galeria do Insólito

"A quem duvida que a realidade ultrapassa a ficção, oferecemos o exame da correspondência eletrónica que nos chega: preciosidades ..."

Ecografia

BIP tira Raio X a colaboradores do INESC TEC...

Novos Doutorados

Venha conhecer os novos doutorados do INESC TEC...

Novos Colaboradores

O INESC TEC recebeu no último mês 19 novos colaboradores. Conheça os seus rostos...

Cadê Você?

O INESC TEC lança todos os meses no mercado pessoas altamente qualificadas...

Jobs 4 the Boys & Girls

Referência a anúncios publicados pelo INESC TEC, oferecendo bolsas, contratos de trabalho e outras oportunidades do mesmo género...

Biptoon

Mais cenas de como bamos indo porreiros...

Subscrever o BIP
 

INESC TEC patenteia tecnologia que revoluciona indústria do calçado

O INESC TEC (entidade coordenada pela INESC Porto) viu ser concedida uma patente europeia, a 21 de março de 2012, a um sistema logístico inovador desenvolvido pela Unidade de Engenharia de Sistemas de Produção (UESP) para a secção de montagem/fabrico das fábricas de calçado. Aumentos de produção, flexibilidade, produção de pequenas séries e redução do tempo de produção das encomendas são algumas das mais-valias deste trabalho.

A Patente Europeia Nº 2 135 823, intitulada “Modular multi-ring system for flexible supply of workstation” diz respeito a duas secções de montagens e acabamento e o objetivo é produzir em simultâneo diferentes tipos de calçado na mesma linha de produção, integrando várias secções.

O sistema é composto por um sistema logístico inovador com dois anéis – um a nível exterior que faz interface com as máquinas e operadores, e um anel interior que permite fazer ultrapassagens, levando cada sapato a visitar unicamente os postos onde vão ser executadas operações. O objetivo final é fazer com que o tempo que o sapato está no sistema seja igual ao somatório do tempo das operações que acrescentam valor ao produto.

Este sistema surgiu no âmbito do CEC-made-shoe (Custom, Environment and Comfort made shoe), um projeto que se afirmou como um marco para a competitividade europeia ao introduzir melhorias radicais no processo de produção e ainda a conceção de novos produtos, abrindo caminho para o calçado biodegradável, calçado inteligente (com capacidade para se adaptar às condições do ambiente) e calçado sem costuras.

O sistema agora patenteado a nível europeu está instalado na empresa portuguesa de calçado, Kyaia, em Paredes de Coura, tendo já permitido à empresa aumentar a sua produção, produzir encomendas com maior variedade e reduzir o tempo de produção das encomendas. Menos stock em produção e entre secções e dinamização de recursos são outras das mais-valias permitidas por este sistema. Rui Diogo Rebelo, investigador da UESP, é o responsável do INESC TEC neste projeto. A equipa do INESC TEC contou ainda com José Carlos Caldeira, Diretor do INESC Porto, e Pedro Ribeiro, Fernando Guedes, Luís Guardão e Paulo Sá Marques, todos da UESP.